Quinta, 13 de Junho de 2024 17:29
95 98113 6002
Geral Maranhão

SES faz balanço de investimentos da gestão estadual na Atenção Primária em Saúde

O secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, reuniu-se com a equipe técnica da pasta, nesta terça-feira (11), e fez um balanço das ações do go...

11/06/2024 15h00
Por: Ribamar Rocha Fonte: Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão

Investimentos em equipamentos, ações voltadas para melhoria dos indicadores de saúde e teleatendimento com o programa Cuidar de Todos. Iniciativas para expansão do programa Planifica Maranhão e o atendimento nas linhas de cuidados da saúde indígena, quilombola e população negra. O secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, reuniu-se com a equipe técnica da pasta, nesta terça-feira (11), e fez um balanço das ações do governo na área da saúde com ênfase na ampliação da cobertura das Equipes de Saúde da Família (ESF). 

"Temos avançado, mas ainda existem grandes desafios a serem superados para continuarmos melhorando os indicadores na Atenção Primária para uma saúde preventiva forte no Maranhão. Nos últimos dois anos, ampliamos o número de equipes de Saúde da Família, e nossa meta é ultrapassar 3 mil equipes no estado", disse o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes. 

A planificação segue avançando nas três Macrorregiões de Saúde do Maranhão. Com a organização dos processos de trabalho da APS, resultados foram conquistados, como o avanço de posições no ranking dos estados do Brasil do Indicador Sintético Final (ISF) do Previne Brasil, que passou da 16ª posição para a 12ª. 

A mobilização faz parte das ações do programa Cuidar de Todos, iniciativa do Governo do Maranhão executada pela SES, cujo foco é a mudança dos indicadores de mortalidade materna e infantil, assistência ao diabético e hipertenso, assim como a instrumentalização das equipes da ESF e APS dos territórios. 

Presente na reunião, a secretária adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Deborah Campos, ressaltou que a planificação é a metodologia certa para balizar e organizar as redes de Atenção à Saúde dentro dos territórios. "A iniciativa é fundamental para alcançar o crescimento dos indicadores em saúde no que diz respeito à promoção e prevenção de doenças, assim como fortalecimento e implementação das políticas públicas das linhas de cuidado em todos os ciclos de vida", afirmou. 

A nível nacional, o Planifica Maranhão é pioneiro enquanto linha de cuidado da saúde indígena, em que o estado é o primeiro do país a planificar a saúde indígena e também olhar os territórios de forma regionalizada, em especial a população quilombola. Para alcançar o objetivo, a SES está focando na ampliação das ESFs para melhor acesso dos pacientes aos serviços ofertados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). 

A coordenadora da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma), Adriana Motta, pontuou que a meta é conseguir credenciar o maior número das equipes de saúde da família. "Foi uma oportunidade para apresentarmos as ações que estamos traçando em parceria com os municípios voltadas para ampliação da cobertura das equipes de ESF no Maranhão, assim como de continuar ampliando as ações de capacitação e apoio dentro dos territórios". 

Desde o lançamento da estratégia, em 2023, o Cuidar de Todos já entregou mais de 859 mil equipamentos, insumos e kits de saúde bucal para os 217 municípios maranhenses, beneficiando as 2.195 UBS existentes no estado, assim como as 2.540 ESF que atuam no Maranhão. A iniciativa está organizada em sete eixos, são eles: "Atenção Primária", "Ações de Saúde", "Oftalmo", "Saúde Animal", "Cirurgias", "AVC – Cada Segundo Importa" e "Telemedicina".

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias