Quarta, 17 de Julho de 2024 18:52
95 98113 6002
Esportes RECADO DO GALVÃO

Galvão Bueno manda recado: “Dorival não tem um time”

Narrador afirma que a Seleção Brasileira não pode jogar de igual para igual contra os Estados Unidos

13/06/2024 15h57
Por: Ribamar Rocha Fonte: Ana Luiza Pereira da Itatiaia
Galvão Bueno diz que jogo do Brasil contra os EUA foi preocupante - Reprodução/Instagram
Galvão Bueno diz que jogo do Brasil contra os EUA foi preocupante - Reprodução/Instagram

Na última quarta-feira (12), a Seleção Brasileira empatou por 1 a 1 com os Estados Unidos, no Camping World Stadium, no último amistoso realizado antes da Copa América. Para o narrador Galvão Bueno, a atuação da equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior é considerada preocupante.

Em análise da partida, o comunicador falou sobre os próximos desafios da Seleção Brasileira. O Brasil estreia no torneio no dia 24 de junho, contra a Costa Rica, no SoFi Stadium, na Califórnia. Os demais jogos serão contra Paraguai e Colômbia pela fase de grupos.

Para Galvão, o time não jogou mal, mas também não teve um bom desempenho diante dos norte-americanos.

“Mais um jogo preocupante da Seleção Brasileira antes da estreia na Copa América, no próximo dia 24, contra a Costa Rica. O grupo do Brasil na Copa América é complicado. Costa Rica não é um time bobalhão, tem o Paraguai que costuma ser sempre uma complicação, e tem a Colômbia que atravessa uma fase excepcional. Vem de uma enfiada de 5 a 1 em cima dos Estados Unidos, contra quem o Brasil empatou por 1 a 1”, analisou.

O placar foi aberto aos 16 minutos do primeiro tempo por Rodrygo, enquanto o empate estadunidense saiu dos pés de Pulisic, aos 25, em uma cobrança de falta. Sobre o sistema defensivo, Galvão acredita que o Brasil apresenta falhas consideráveis.

Nos últimos quatro jogos, todos com Dorival Júnior já no comando técnico, o Brasil marcou oito gols e sofreu seis. Três no embate contra a Espanha, dois do México e um dos Estados Unidos. “No tetra, na Copa inteira, a seleção tomou três gols em sete jogos. No penta, na Copa inteira, a seleção brasileira, em sete jogos, tomou quatro gols”, afirmou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias