Domingo, 14 de Julho de 2024 18:30
95 98113 6002
Política INDICIADO PELA PF

Bolsonaro indiciado: o que acontece agora?

Inquérito agora precisa ser encaminhado para o STF

05/07/2024 07h15
Por: Ribamar Rocha Fonte: CNN
Divulgação
Divulgação

Após a Polícia Federal (PF) ter anunciado que indiciou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no caso das joias, o inquérito agora precisa ser enviado ao gabinete do relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF): o ministro Alexandre de Moraes.

Bolsonaro foi indiciado, nesta quinta-feira (4), pelos crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro e peculato.

Além dele, outras 11 pessoas – como seu advogado Frederik Wassef e seu assessor Fábio Wajngarten — estão na lista dos indiciados da PF.

Bolsonaro pode pegar até 32 anos de prisão pelos crimes se for condenado.

Inquérito no STF

Após o STF receber o inquérito, Moraes deverá pedir que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre o caso, pedindo pelo arquivamento, por mais investigações ou oferecendo denúncia. O prazo, quando ela for provocada, é de 15 dias para uma resposta.

O Supremo disse que, até as 18h desta quinta-feira (4), o gabinete de Moraes disse que o caso das joias ainda encontravam-se na Polícia Federal, “não tendo sido encaminhados ao Supremo Tribunal Federal qualquer pedido ou relatório”.

*Com informações de Maria Clara Matos

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias