Domingo, 14 de Julho de 2024 18:22
95 98113 6002
Geral PARABÓLICA DIGITAL

Emissoras de TV passam a transmitir a programação via satélite somente para a nova parabólica digital

No final deste ano, a parabólica tradicional terá seu sinal desligado definitivamente. Quem não fizer a substituição dos equipamentos, vai ficar sem o sinal de TV.

09/07/2024 06h18
Por: Ribamar Rocha Fonte: Três Comunicação
Divulgação
Divulgação

Em breve, a diversão vai mudar de “canal”! Após a Record encerrar a transmissão de sua programação na parabólica tradicional, outras emissoras de TV farão o mesmo. Band e Rede TV também já anunciaram o desligamento de seu sinal da parabólica tradicional. Para continuar vendo televisão aberta via satélite, de forma gratuita, é preciso substituir o equipamento antigo pela nova parabólica digital.

A parabólica tradicional, aquela antena gigante, que parece um guarda-chuva invertido, vai ser desligada definitivamente no dia 31 de dezembro deste ano e não terá mais nenhuma utilidade. 

É preciso fazer a substituição pela nova parabólica digital o quanto antes. Nas lojas de eletrônicos, o aparelho custa entre R$ 300 e R$ 900. Mas para algumas famílias, ele pode sair de graça. 

Tanto os equipamentos, quanto a instalação da nova parabólica digital são totalmente gratuitos para famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que tenham uma parabólica tradicional instalada e em funcionamento em casa. 

Quem utiliza outros sistemas de transmissão para assistir à televisão, como antena digital espinha de peixe (instalada no telhado da casa), antena digital interna e TV por assinatura, mesmo que faça parte de programas sociais, não precisa fazer a troca.

Mais de 3 milhões de kits instalados

O serviço está sendo realizado pela Siga Antenado, entidade não-governamental e sem fins lucrativos responsável pela substituição das parabólicas tradicionais pela nova parabólica digital nos lares de famílias de baixa renda. Em todo o país, já foram instalados mais de 3 milhões de kits com a nova parabólica digital.

Mas atenção: a Siga Antenado não procura as famílias. Por motivo de segurança, elas é que precisam entrar em contato com a entidade, por meios de seus canais de atendimento, acessando o site www.sigaantenado.com.br ou ligando para o telefone 0800 729 2404. Esse número também recebe mensagens pelo WhatsApp. Já as ligações precisam ser feitas via operadora, e não pelo famoso “zap”. 

O processo é simples e o próprio beneficiário deve executá-lo. No momento do atendimento, será necessário informar o número do CPF ou NIS (Número de Identificação Social). Se for confirmado que a família se enquadra no grupo de beneficiários, ela fará o agendamento e escolherá o melhor dia para receber a visita do técnico da Siga Antenado para a instalação gratuita do kit com a nova parabólica digital, que consiste em antena, receptor, cabos, controle remoto e pilhas. O técnico não faz nenhum tipo de cobrança, nem exige fotos de documentos pessoais do morador.

A costureira Celia Aparecida Peres, não perdeu tempo e agendou a sua instalação. “O processo foi muito tranquilo, fiz o agendamento por telefone, sem dificuldade. E a TV funciona bem, a qualidade da imagem melhorou bastante. Quando termino o trabalho, gosto de assistir às novelas e aos finais de semana à missa”, relata. 

A mudança traz muitas vantagens às famílias que dependem atualmente da parabólica tradicional para ver televisão. A nova parabólica digital é mais moderna, pequena e oferece mais de 80 canais, incluindo os regionais, que continuarão sendo gratuitos e terão qualidade superior de imagem e som.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias