Terça, 30 de Novembro de 2021 22:29
95 98113 6002
Geral Espírito Santo

Ações do Estado sobre uso de energias renováveis são apresentadas em Congresso Internacional

Congresso da Intersolar South America é considerado a maior feira mundial do setor solar e aconteceu nesta terça-feira (19), em São Paulo.

19/10/2021 12h00
Por: Ribamar Rocha Fonte: Secom Espírito Santo
Foto: Reprodução/Secom Espírito Santo
Foto: Reprodução/Secom Espírito Santo

Representantes da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides) participaram, nesta terça-feira (19), do Congresso da Intersolar South America, realizado em São Paulo. Durante o evento, a experiência e as políticas públicas em desenvolvimento no Estado do Espírito Santo foram apresentadas aos participantes durante o painel “Como aumentar o uso da energia solar fotovoltaica em suas regiões?”.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, participou como debatedor durante o painel sobre políticas públicas e investimentos em energias renováveis e destacou que, em 2019, por meio do Decreto 4.519-R, de 14 de outubro de 2019, o governador do Estado, Renato Casagrande, instituiu a obrigatoriedade de instalação de equipamentos para captação de energia solar em novas edificações estaduais e em instalações municipais construídas com recursos do Estado, repassados por meio de convênios, acordos ou termos de compromisso.

Hoffmann frisou que o Governo do Estado tem uma parceria público privada em fase de estruturação, para construção, operação, manutenção e gestão de miniusinas solares, que gerarão energia solar fotovoltaica capaz de abastecer todos os órgãos da Administração Direta, além de reduzir o custeio com energia destes órgãos, incentivando a autossuficiência energética e a sustentabilidade ambiental.

“No acumulado dos últimos 12 meses, o Governo gastou cerca de R$ 57 milhões com energia, decorrente de consumo de, aproximadamente, 81 milhões KWh. As propostas deverão apresentar a quantidade de usinas a serem construídas, bem como a capacidade individual e total de geração de energia, devendo prever também a possibilidade de obtenção de receitas acessórias, a reversibilidade dos bens ao final do prazo de concessão, a geração de emprego e renda, bem como a sustentabilidade ambiental”, disse o secretário.

Com foco na iniciativa privada, o governador Renato Casagrande instituiu o Programa de Geração de Energias Renováveis (GERAR), que, por meio dos seguintes eixos de atuação – P&D, Instrumentos Regulatórios, Incentivos Tributários, Acesso à Rede, Desenvolvimento Regional e Financiamentos –, visa, além dos objetivos ambientais, à diversificação da matriz energética, à descentralização do desenvolvimento socioeconômico e, ainda, a tornar o ambiente de negócios do Estado mais competitivo e seguro.

Em agosto de 2021, o governador Renato Casagrande aderiu às campanhas “Race to Zero” e “Race to Resilience”, no âmbito da Convenção — Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, por meio do Decreto n°4.938-R, de 01 de agosto de 2021. Dos compromissos assumidos pelo Espírito Santo, estão o de aprovar em até 12 meses o Plano Estadual de Mudanças Climáticas, a atualização do Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) e o Plano Estratégico para Ações Emergenciais (PEAE).

No prazo de até 24 meses, o Governo do Estado se comprometeu a instituir o Guia do Investidor Sustentável, um documento que vai fornecer informações aos investidores nacionais e internacionais sobre normas, procedimentos e requisitos para a instalação de empreendimentos de energia renovável nos municípios capixabas, obedecendo à Política Estadual do Programa GERAR.

Em até 24 meses também será instituído o Registro Público de Emissões, com critérios mensuráveis de medidas de mitigação e absorção de gases de efeito estufa, obedecendo o Protocolo de Quioto, para os anos de 2030 a 2040, e a neutralização de emissões líquidas até 2050.

A subsecretária de Estado de Competitividade, Raquel Freixo, também acompanhou o evento.

Intersolar

É considerada a maior feira mundial do setor solar e é realizada anualmente em Munique, na Alemanha, e também na Índia, México, Oriente Médio, América do Norte e América do Sul.

Simultaneamente à feira, acontece o Congresso Intersolar South America, com especialistas renomados abordando os temas mais atuais do setor, como energia fotovoltaica, tecnologias termossolares, armazenamento de energia, entre outros.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias