Terça, 07 de Dezembro de 2021 18:04
95 98113 6002
Entretenimento LUGAR PARADISÍACO

Conheça Alter do Chão, no Pará

Com suas comunidades ribeirinhas acolhedoras, comidas cheias de temperos e sabores únicos, e praias de areia branquinha ao longo do Rio Tapajós, destino é considerado um dos mais belos do Brasil

16/11/2021 21h56
Por: Ribamar Rocha Fonte: Daniela Caravaggi - Viagem & Gastronomia
Foto Divulgação
Foto Divulgação

Banhado pelas águas cristalinas do Rio Tapajós e cercado pelo verde da floresta amazônica, Alter do Chão é hoje um dos destinos que mais aparecem no feed dos viajantes antenados e que adoram desbravar os paraísos brasileiros.

Localizada no estado do Pará e às margens do Rio Tapajós, essa pequena vila foi reconhecida internacionalmente pelo jornal inglês The Guardian, em 2009, como uma das mais belas praias de água doce do Brasil. Em 2016, o local voltou a ser destaque na publicação, que enalteceu Alter como um ótimo destino para quem busca agito.

Praias, lagoas, floresta, igapós, bares e o tradicional ritmo Carimbó com certeza estarão presentes em uma viagem para lá. Longe de luxos – como resorts, hotéis ou restaurantes cheio de requintes -, estar em Alter é se desprender do resto do mundo e aproveitar o que a natureza tem a oferecer.

Como chegar?

A referência mais próxima de Alter do Chão é a pequena Santarém, a menos de 40km do destino.

O aeroporto da cidade é ligado a grandes capitais como Manaus, Brasília e Belém. Companhias aéreas como Latam, Gol e Azul oferecem voos saindo de outras regiões do Brasil, que realizam uma conexão com uma das três cidades citadas acima. Um voo saindo de São Paulo para Santarém com conexão em Brasília, por exemplo, tem duração de pouco mais de 5h.

De Santarém para Alter do Chão

A estrada (PA-457) que liga a cidade a Santarém é asfaltada, o que permite que os visitantes aluguem um carro e tenham num percurso tranquilo. O preço da diária do aluguel de um carro econômico na região custa cerca de R$ 220.

É possível também pegar um táxi ou transfer, com valor entre R$150 e R$200 (por pessoa, no caso do transfer), para ir do aeroporto até Alter do Chão.

A opção mais econômica é a de pegar um ônibus circular, o que custará menos de R$10. No entanto, vale ressaltar que eles não passam durante todo o dia e saem de proximidades do aeroporto e não propriamente do ponto de desembarque.

Alter do Chão, em Belém do Pará, esteve na lista do jornal inglês The Guardian como uma das praias mais belas do Brasil / Foto: Yumi Novais

 

Quando ir?

A alta temporada de Alter do Chão é de agosto a dezembro, época em que o calor prevalece e as chuvas dão trégua. Assim, o volume da água do rio diminui – período de vazante – e praias com areia branquinha começam a tomar forma.

 

 O que visitar?

O destino é voltado 100% para natureza e a tudo o que ela pode oferecer. Conheça alguns dos principais pontos turísticos:

Ilha do Amor

O cartão postal mais famoso de Alter do Chão, a Ilha (ou Praia) do Amor é uma das praias de água doce mais visitadas pelos turistas que visitam o destino. De um lado, o Rio Tapajós, de outro, o Lago Verde, onde árvores submersas e a natureza exuberante chamam atenção. Vale reservar uma horinha para este passeio, também conhecido como o da “Floresta Encantada”, uma espécie de trilha, mas feito sob canoa, que fará o turista desfrutar de tudo o que o local tem a oferecer.

A Ilha do Amor fica perto do centro do vilarejo. É necessário fazer a travessia de canoa para chegar até lá. Barraquinhas de sapê e restaurantes são encontrados no local, com petiscos e uma boa cerveja gelada. A água calma proporciona também o cenário ideal para quem quer fazer passeios de caiaque ou mergulhar. É um ponto classificado como imperdível por quem já foi.

Ponta do Jarí, Praia da Pontas de Pedras, Ponta do Cururu

O pôr do sol mais famoso de Alter do Chão fica na Ponta do Cururu. Conhecido por cenas de cinema com um céu estrelado algumas horas depois, o local atrai turistas diariamente.

Para chegar até lá o caminho é feito pelo Rio Tapajós e a dica é visitar diversos pontos próximos no mesmo dia. Um deles é Ponta do Jarí, um canal natural de ligação entre o Tapajós e o Amazonas – a travessia dura cerca de duas horas. Neste passeio, papagaios e garças farão companhia: as revoadas podem ser observadas em diferentes horários. Antes de ser contemplado com o pôr do sol do Cururu, vale um banho na praia da Ponta de Pedras.

Pôr do sol do Cururu é um dos mais aguardados de Alter do Chão / Foto: Yumi Novais

Praia do Pindobal

A Praia do Pindobal, a cerca de 9km de Alter do Chão, é uma das mais charmosas e tranquilas. Por ser bem extensa, proporciona mais privacidade para os visitantes que desejam ficar longe de agitos. Tem uma areia branquinha e diversas barracas cobertas de palha – informe-se antes pois muitos restaurantes fecham as portas em determinados períodos do ano. Para chegar é possível ir pelo rio ou pela estrada, e é sempre bom checar o nível da água para que a sua experiência não seja prejudicada. O pôr do sol de lá também é uma das atrações.

Serra da Piraoca

A Serra da Piraoca é um passeio que permite que você veja Alter do alto. A trilha que fica no fim da Ilha do Amor é bem sinalizada para os turistas e pode ser feita 100% a pé. O ideal é fazê-la durante o dia para evitar a escuridão da noite, que pode atrapalhar o trajeto. Uma vez lá em cima, espere por uma visão panorâmica de toda a região, totalmente “instagramável”, com uma vista de tirar fôlego.

Onde comer?

Casa do Saulo

Com vista privilegiada, a Casa do Saulo é um dos points mais reconhecidos da região de Alter do Chão. Criado e comandado pelo chef Saulo Jennings, o restaurante já ganhou diversos prêmios – o chef também tem outras unidades em Belém. A cozinha tem como base o respeito pelos produtos da região e a conexão com a natureza, além da sustentabilidade e o retorno social consciente.

Casa do Saulo está localizada na Praia do Carapanari / Foto: reprodução Instagram

Para começar, a mujica de peixe (R$19) feita com caldo com peixe assado na brasa, engrossado com farinha de mandioca, é uma das opções. Diversos belisquetes também estão no cardápio, alguns sazonais, como o charutinho frito – quatro peixes da região de Santarém empanados no trigo e fritos inteiros (R$ 18).

Como prato principal, há opções individuais e para compartilhar. O “Arroz Tapajônico” está no cardápio do chef há mais de 10 anos. Ele é feito com pirarucú curado, pirarucú fresco, aviú, camarão regional seco, camarão rosa de Belém, tucupí e crispy de jambu (R$ 149 – serve três pessoas). Para finalizar, umas das sugestões é o pudim de café (R$15).

Rodovia Interpraias, S/N – Km 4 Curuatatuba São Francisco do Carapanari, Santarém/Telefone: (93) 99224-4691

Arroz Tapajônico, da Casa do Saulo, vai Pirarucú, camarões, tucupí e Jambu / Reprodução Instagram

Ty Comedoria e Bar

No centro de Alter, a Ty Comedoria e Bar é uma opção para quem quer jantar com música ao vivo. A cozinha conta com inspirações contemporâneas, em que os peixes e frutos do mar são os protagonistas. São várias opções de entradinhas para compartilhar, pratos principais e sobremesas. Os drinques também ganham destaque no local.

Para começar, a canoa de tapioca com pirarucu defumado, purê de macaxeira e queijo coalho gratinado é famosa por lá (vem três unidades). De principal: pirarucu com espaguete de legumes salteado na manteiga de cumaru (R$ 50). Já para finalização, a sugestão da casa é o pudim de cumaru com nougatine de castanha (R$15).

Rua Lauro Sodré, 441 – Alter do Chão, Santarém – PA/Telefone: (93) 98401-6144

Canoa de tapioca com pirarucu defumado, da Ty Comedoria e Bar / Foto: reprodução Instagram

 

Farol da Ilha

Farol da Ilha está na orla de Alter do Chão e não à toa oferece uma vista deslumbrante da Ilha do Amor com o mar e a areia se conectando ao horizonte. O clima praiano e relaxante ainda conta com música ao vivo em alguns dias da semana e oferece pratos que utilizam ingredientes típicos da região. O cardápio é dividido entre entradas, saladas, peixes tradicionais e da casa, carnes e pratos executivos.

Entre as entradas, a isca de pirarucu com geleia de pimenta (R$ 45) e o caldinho de tucupi com jambu (R$ 12) estão entre os mais pedidos. Como opção na categoria “peixe da casa”, o “Peixe Alter” é recheado com queijo e banana, coberto com queijo e molho branco – acompanha arroz branco, purê e salada (R$ 120).

Rua Lauro Sodré, s/n – Alter do Chão, Santarém – PA/Telefone: (93) 99226-6704

Onde se hospedar?

Vila de Alter

Vila de Alter é uma das primeiras pousadas com do Pará e tem como referência o estilo de vida tranquilo e reservado da região próxima ao Rio Tapajós. São seis bangalôs para os hóspedes que estão em um local cercado pela vegetação e por passarelas. Cada bangalô conta com características próprias e prometem oferecer uma experiência diferente aos visitantes. O simplicidade dá todo o charme ao local.

Para quem quer realmente “respirar a Amazônia”, a Vila de Alter reserva um espaço com bikes para alugar e dar uma volta pelas redondezas da pousada. Está localizada a pouco mais de 1km do centro do vilarejo de Alter do Chão.

Rua do Sol, 282 – Pefu – Alter do Chão/Telefone: (93) 99212-2338

Um dos bangalôs do Vila de Alter disponíveis para hospedagem / Foto: Barba Vale/Reprodução Instagram

 

Villa Arumã Pousada

Villa Arumã está a 35 minutos do aeroporto de Santarém e a cerca de 15 minutos a pé do centro de Alter do Chão. A pousada promete sossego, conforto e tranquilidade para seus hóspedes em um ambiente privado e ideal para famílias. Uma das principais atrações é o café da manhã com comidas típicas da Amazônia.

A pousada conta com sete tipos de acomodações, cada uma com sua característica que vai desde Chalé Muúba, que tem varanda e uma jacuzzi particular para até quatro pessoas, até o Chalé Sapucaia, uma casinha com cozinha.

Estácio Fonseca, s/n – Alter do Chão/Telefone: (93) 99129-4074

Estrutura principal da Villa Arumã, onde fica a área do café / Foto: reprodução Instagram

 

BeloAlter Hotel

BeloAlter está a menos de 1km do centro de Alter do Chão e fica em uma das mais belas praias particulares do Lago Verde. São 24 suítes divididas em duas categorias: o apartamento standart e o apartamento master – ambos bem simples. O destaque fica para o restaurante do hotel que conta com uma cozinha comandada por descendentes dos Boraris, nativos da região, que preparam pratos regionais em um cardápio de mais de 30 opções no menu.

Rua Pedro Teixeira, 500, Santarém – PA/Telefone: (93) 99111-3133

Mirante da Ilha

O hotel Mirante da Ilha tem uma localização privilegiada: de frente para a Ilha do Amor. O espaço conta com piscina ao ar livre e um restaurante panorâmico, que serve comida típica da região. Os apartamentos contam com ar condicionado e alguns deles ainda oferecem uma sacada com vista para a ilha. O hotel está a menos de 2km do centro de Alter do Chão. 

Rua Lauro Sodré, 369 – Alter do Chão, Santarém – PA/Telefone:(93) 3527-1110

 

Hotel Mirante da Ilha é simples, mas ganha destaque pela sua localização / Foto: site oficial
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Boa Vista - RR
Atualizado às 18h53 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 25° Máx. 34°

33° Sensação
9 km/h Vento
70% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (08/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quinta (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias